Gestor realizando a avaliação de um relatório para otimizar sua Gestão de qualidade.

jan 17

Coletar e analisar dados é essencial para uma gestão de qualidade. A falta do uso de informações concretas pode trazer prejuízos às indústrias têxteis, visto que, ao utilizar dados para o gerenciamento, é possível detectar problemas e até mesmo evitar que eles ocorram.

Além disso, somente com essa coleta é possível tomar decisões sem “achismos” e assegurar um processo ágil e preciso.

Para que você compreenda melhor quais são as vantagens de adotar essa forma de gerenciamento, separamos 5 benefícios que ela proporciona para o controle de qualidade. Confira!

 

Evitar a queda de qualidade

A qualidade da matéria-prima é um dos fatores mais importantes para a fabricação de bons produtos na indústria têxtil.
Muitas vezes, acreditando que é possível utilizar um rolo de malha mais barato e produzir a mesma quantidade de peças do produto mais caro, a confecção pode acabar perdendo qualidade.

Por este motivo, ao adquirir rolos de tecido, além de conferir a quantidade, é importante checar características como a regularidade metrológica (largura e tamanho), além de verificar se há defeitos nas malhas, qual o comprometimento da área útil e analisar os padrões de qualidade de cada rolo.

Manualmente esses processos podem levar tempo, mas utilizando máquinas tecnológicas — como uma Revisadeira de Malhas e um Sensor Régua Digital, por exemplo — juntamente com um sistema de ERP (Planejamento dos Recursos da Empresa), é possível analisar esses dados e registrá-los em um mapa de defeitos.

Depois, o relatório é inserido no sistema, facilitando a classificação e a análise de defeito dos rolos. Assim fica bem mais simples evitar o recolhimento do rolo do enfesto por conta de defeitos de fabricação e variação de medidas.

 

+ Saiba maisDemanda em excesso: Como manter a produtividade têxtil?

 

Redução de custos

O controle da qualidade, abordado no tópico anterior, afeta diretamente na quantidade de malha utilizada. Isso porque, ao adquirir malhas de pouca qualidade, no momento do encaixe podem faltar malhas por conta do excesso de furos e dos defeitos.

Usando mais malhas do que o necessário, o ROI (Retorno Sobre Investimento) cai, muitas vezes sem que a gestão perceba.

Gráfico demonstrando a queda dos custos quando se aplica uma real gestão de qualidade.
A redução de custos é o resultado da aplicação de uma gestão de qualidade orientada dados.

Além disso, ao coletar os dados e analisá-los, é possível identificar qual o fornecedor mais barato, baseando-se no custo final de um produto. Tais ações podem representar uma redução de custos significativa para o processo produtivo.

 

Controle de produção e demanda

Nem todas as fábricas possuem um controle de informações referentes a sua capacidade produtiva. Na prática, isso significa que não se sabe quantos rolos são usados para produzir determinada quantidade de peças.

Este é um dos problemas que atrapalham o crescimento da indústria têxtil, pois, sem esses dados, não é possível calcular informações importantes, como a quantidade de malha que deve ser adquirida.

Já ao coletar dados e armazená-los em um sistema, é possível melhorar a gestão do setor de compras, que pode elaborar um estudo sobre sazonalidade e fazer a previsão de vendas, adquirindo as malhas conforme a saída em cada período.

 

Pessoas avaliando relatórios e levantando dados como qualquer empresa com gestão de qualidade.
Com uma gestão de qualidade baseada em dados, é possível realizar previsões de demandas com base no histórico produtivo.

O controle da demanda e do estoque por meio de dados também pode mostrar quais produtos trazem o melhor retorno de acordo com informações como a rotatividade do estoque, hábitos dos clientes e até o método utilizado pelo vendedor.

 

+ Saiba maisO que é controle de qualidade? Como funciona na indústria têxtil?

 

Redução de desperdícios

Adotar a Inteligência Artificial (IA) nos processos produtivos possibilita que sejam obtidas informações como largura, área útil, gramatura, rendimento e metros de cada rolo de malha ou tecido no estoque.

Assim, é possível selecionar o melhor rolo de acordo com o aproveitamento de cada ordem de corte, aumentando a produtividade e reduzindo os desperdícios na produção.

 

Gestão otimizada de fornecedores

Saber quais fornecedores fornecem produtos de alta qualidade a bons preços e que realizam as entregas sempre conforme combinado, de certo ajudaria a escolher com quais deles continuar fazendo negócios ou não, certo?

Com a coleta de dados esse benefício é possível. Primeiro porque você terá acesso aos relatórios de qualidade, conforme dito antes. Também saberá de onde as malhas vieram e exatamente quais problemas foram constatados.

Com isso, além de poder pedir a indenização ou a substituição e entrar em um acordo, também é mais fácil verificar com quais fornecedores continuar trabalhando e quais deles substituir caso os problemas sejam recorrentes.

 

Pessoa avaliando relatório no departamento de gestão de qualidade.
Relatórios são como mapas em uma indústria, pois indicam a direção de boas escolhas e otimizam a gestão de qualidade.

Os benefícios proporcionados pela coleta de dados já estão sendo usufruídos por empresas de todos os setores, pois elas já perceberam a importância do gerenciamento adequado de seus processos. Para começar a investir nessas mudanças e entrar na era da indústria 4.0, você precisará apenas adquirir maquinário adequado e treinar seus colaboradores para utilizá-los.

 

+ Saiba maisPreparação de malha: Qual é seu fornecedor mais barato?

 

Os equipamentos da Delta foram pensados justamente para este processo. Confira os produtos disponíveis e descubra como eles podem ajudar a modernizar sua produção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *