set 27

Em qualquer negócio, há fatores internos (pertinentes à empresa) e externos (relacionados ao mercado) que influenciam no desempenho organizacional e, para o crescimento da indústria têxtil isso não é diferente.

Neste momento, entre os fatores externos, pode-se apontar a carga tributária elevada, a redução de poder de compra do cliente final, a alta competitividade com indústrias nacionais e internacionais, a dificuldade para exportação, entre outros. Naturalmente, para combater esses obstáculos, é preciso uma força conjunta entre governo, sociedade e iniciativa privada.

Dessa forma, se você está procurando maneiras de incentivar o crescimento da indústria têxtil e de seu negócio, é preciso traçar um planejamento para reduzir e eliminar gargalos internos relacionados à sua produção.

Para ajudá-lo nisso, neste artigo, apresentaremos alguns dos principais problemas de produção que atrapalham o crescimento da indústria têxtil. Acompanhe.

1. Falta de dados consolidados e precisos

Cada vez mais, para ter um gerenciamento assertivo, as organizações deverão ser orientadas a dados. Por meio deles, é possível deixar o “achômetro” de lado e desenvolver um processo decisório e produtivo muito mais ágil e preciso. Ainda, com eles, é possível gerar inteligência de mercado, o que é fundamental para a adoção das melhores práticas em sua produção.

Pessoas operando um tablet vendo indicadores do crescimento da indústria têxtil.

Essa questão é tão importante que, em uma pesquisa, verificou-se que, atualmente, 90% dos líderes empresariais reconhecem os dados como recursos essenciais e cruciais para os negócios – inclusive, estando no mesmo nível de importância de recursos básicos, como terra, mão de obra e capital.

Pensando especificamente no crescimento da indústria têxtil, os dados se tornam fundamentais para que se enxergue os problemas com o fornecimento de insumos de má qualidade, como tecidos, por exemplo, que geram retrabalho, perdas financeiras e de produtividade.

2. Falta de controle de estoque

Esse problema, infelizmente, é bastante comum na indústria têxtil, quando não há um controle preciso e automatizado de entrada e saída de insumos do estoque, o que pode atrasar a produção e afetar sua qualidade.

Estoque de uma fábrica, que visa ser crescimento da indústria têxtil.

Muitas vezes, o produto chega na empresa ou é utilizado na produção e acaba nem entrando ou saindo do controle de estoque. Tal atitude, em um primeiro momento, pode parecer agilizar o processo, mas, na verdade, está prejudicando a dinâmica do negócio. Sem o tal registro se torna impossível gerar um histórico que proporcione um estudo sobre sazonalidades. Equilíbrio de estoque ideal, um estudo sobre a capacidade do atual estoque convertido em produção e mesmo uma atuação mais eficiente do setor de compras da empresa.

Por tudo isso, é fundamental motivar e engajar sua equipe a realmente utilizar o ERP de sua empresa para, entre outras tarefas, fazer um controle de estoque de modo fácil, simplificado e integrado com as demais áreas, gerando informações exatas e em tempo real.

3. Baixa produtividade do maquinário antigo atrapalha o crescimento da indústria têxtil

Esse é um grave problema que afeta a produção e o crescimento da indústria têxtil. Por vezes, pensando em economizar, algumas empresas deixam de atualizar seu parque industrial, e isso logo se mostra um erro, que impacta quantitativa e qualitativamente a produção.

Máquina têxtil. de uma fábrica que visa ser crescimento da indústria têxtil.

Isso porque é comum que o maquinário antigo não ofereça tecnologia que permita precisão, agilidade e qualidade nos processos têxteis oferecidas pelos novos equipamentos. Ainda, tais máquinas, normalmente, param mais constantemente por quebra ou por exigência de manutenção, causando atrasos no calendário de entregas e queda significativa na produtividade.

4. Baixa produtividade do maquinário novo

Pode parecer contraditório, mas maquinário novo também pode apresentar baixa produtividade. Isso ocorre quando o equipamento não é completamente adequado ao processo produtivo da empresa ou quando a equipe não sabe como operá-lo corretamente.

Interior de uma fábrica, que visar ser destaque de crescimento da indústria têxtil.

Assim, antes de adquirir novas máquinas e equipamentos, é preciso realizar uma pesquisa de mercado sobre as melhores opções que sejam aderentes às necessidades específicas de sua empresa. E, quando receber o pedido, realizar treinamentos e ações de sensibilização para que os operadores estejam motivados a trabalhar com o novo maquinário e saibam como utilizá-lo da maneira correta.

E na sua empresa, esses problemas atrapalham a sua produtividade? Você está em busca do maquinário certo para alavancar o crescimento de sua indústria? Deixe sua mensagem nos comentários ou entre em contato conosco!

 

2 comentários em “4 problemas que atrapalham o crescimento da indústria têxtil”

  1. Muito bom este comentário está certíssimo eu trabalhei 26 anos em indústria têxtil como colorista têxtil e e exatamente isso mesmo o que acontece muito bom.

    1. Nos alegra muito saber que você gostou do artigo Sidnei, estamos sempre buscando trazer o que há de mais atual e moderno para o setor em termos de controle de qualidade e otimização de processos. E ter o reconhecimento de um profissional com sua vasta experiência é gratificante e instigante para darmos seguimento ao nossa missão de modernizar o setor.

      Temos artigos novos toda semana falando sobre assuntos que englobam diversos processos do setor têxtil, fique atendo e não perca nossas atualizações por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *